Rússia pode ser penalizada por utilizar bomba termobárica?

A delegada destacou a Rússia integra o Conselho de Segurança, juntamente com a  China, Estados Unidos, França e Reino Unido
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O embaixador da Ucrânia nos Estados Unidos e grupo de direitos humanos acusaram a Rússia de utilizar no confronto com a Ucrânia uma arma termobárica, conhecida como bomba a vácuo.

A Delegada da Diplomacia Civil para a OCDE e ONU, Priscila Caneparo, pontuou que não haverá uma responsabilização pelo conselho de segurança, já que a Rússia é uma das integrantes e tem o poder de veto.

Por outro lado, Priscila afirmou que no direito internacional existe a responsabilidade internacional do estado. “Ela está estruturada em bases que vão nos levar a entender que quando o estado causa prejuízos e danos em outro território, ele pode ser imputado à responsabilidade”, disse, durante entrevista à BM&C News.

Sendo assim, a delegada pontuou que quem poderá imputar a responsabilidade pode ser a Corte Internacional de Justiça, se a Ucrânia levar essa demanda para eles. Além deles, a Corte Europeia de Direitos Humanos também tem esse poder, destacou Priscila.

“Importante destacar que a Corte Europeia de Direitos Humanos, já imputou a medida cautelar para Rússia, para cessar imediatamente os ataques contra civis”, finalizou a delegada.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas