“Se houvesse um impacto global, seria instantâneo”, diz analista sobre a falência dos bancos russos

Nicolas Merola explicou que o nível de dependência do Ocidente com os bancos russo é muito baixo

Com as sanções impostas aos russos, o Banco Central europeu alertou que as filiais europeias de Sberbank estão em estado de falência, ou provável falência por conta dos saques nos últimos dias e do impacto reputacional das instituições.

Para o analista da Inversa, Nicolas Merola, a falência dos bancos russos não deve desencadear uma crise global. “Se tivéssemos que ver um impacto global, seria instantâneo”.

Merola explicou que o nível de dependência do Ocidente com os bancos russos é muito baixa. No entanto, o analista disse que existe um impacto, que é basicamente local.

Por outro lado, Merola afirmou que existe o impacto global que é a mudança de cenário. “Não podemos descartar que uma movimentação como essa não vai mudar a percepção das instituições financeiras ao redor do mundo”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas