Destaques da Bolsa: Siderúrgicas figuram entre as maiores altas; Embraer (EMBR3) recua

Confira os destaques desta quinta-feira (3)

O Ibovespa opera em alta, nesta quinta-feira (3), acompanhando os índices futuros dos Estados Unidos. 

Às 13h02, o Ibovespa subia 0,18%, cotado a 115.383 pontos.

Em mais uma sessão positiva, Vale (VALE3) sobe 0,23%, CSN (CSNA3) +1,84%, Gerdau (GGBR4) +3,91%, Metalúrgica Gerdau (GOAU4) +3,25% e Usiminas (USIM5) 3,38%. 

Enquanto as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) registram leve baixa de 0,16% e 0,32%, respectivamente. 

BR Malls (BRML3) tem ganhos de 1,81%, após a companhia vender 30% da participação no Center Shopping Uberlândia por R$ 307 milhões.

O papel do Mater Dei (MATD3) também avança 1,91%. O hospital anunciou ontem a compra de participação representativa do Hospital e Maternidade Santa Clara, em Uberlândia (MG). 

Acompanhando o recuo do dólar, as exportadoras estão entre as principais baixas. Minerva (BEEF3) cai 4,14%, Suzano (SUZB3) -3,24%, JBS (JBSS3) -2,85% e Marfrig (MRFG3) -1,93%.

A ação da Embraer (EMBR3) cai 3,77%, após a empresa anunciar a assinatura de extensão do contrato de longo prazo com a German Airways para o Programa Pool.

Confira os destaques desta quinta-feira:

BR Malls (BRML3) 

A BR Malls vendeu 30% da sua participação no Center Shopping Uberlândia, localizado em Minas Gerais, para os sócios atuais. O valor de R$ 307 milhões, a ser pago a vista, representa um cap rate 2022 de 6,7%.

A BR Malls permanecerá com 21% de participação no empreendimento e se mantêm como administradora e comercializadora do shopping. Os recursos da venda serão direcionados para redução da alavancagem financeira da companhia.

“A BR Malls informa que está constantemente buscando formas de criar valor para seus acionistas através da alocação de capital”, diz a empresa no comunicado divulgado nesta quarta-feira, 2.

O documento ressalta que a efetivação da operação está condicionada à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Dexco (DXCO3) 

A Dexco concluiu a aquisição de 100% do capital social da Castellato, que atua no segmento premium de pisos e revestimentos de concreto arquitetônico. A operação, realizada por meio da controlada Dexco Revestimentos Cerâmicos, foi anunciada inicialmente em dezembro de 2021.

Todas as condições precedentes foram atendidas para a finalização do negócio, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), segundo o comunicado da compradora. Os resultados da Castelatto passaram a ser integrados aos da Dexco em 1º de março.

A aquisição foi feita ao múltiplo 7,1 vezes (EV/Ebitda) sobre o resultado esperado para o ano de 2021 e não deverá impactar de forma significativa a estrutura de capital da Dexco, conforme divulgou a companhia na época do anúncio da compra.

Mater Dei (MATD3) 

O Hospital Mater Dei celebrou contrato de compra e venda de participação representativa entre 75% e 80% do Hospital e Maternidade Santa Clara, localizado em Uberlândia (MG). O Enterprise Value da operação por 100% do HSC, incluindo o imóvel, é de R$ 234 milhões, do qual será descontado o endividamento líquido, implicando um múltiplo implícito de R$ 1,35 milhão por leito.

Inaugurado em 1949, o HSC é um hospital geral de alta complexidade que conta com mais de 40 especialidades. A receita líquida da unidade de saúde nos doze meses encerrados em outubro de 2021 foi de R$ 137 milhões.

“Estamos dando prosseguimento à nossa estratégia de fortalecer a marca Mater Dei em Uberlândia, consolidando a nossa atuação que foi iniciada com a aquisição do Hospital Santa Genoveva e do Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI)”, afirma Henrique Salvador, presidente da Rede Mater Dei.

Embraer (EMBR3)

A Embraer anunciou a assinatura de extensão do contrato de longo prazo com a German Airways para o Programa Pool. Com este acordo, a companhia aérea receberá suporte para uma ampla gama de reparação de componentes para a frota composta por cinco jatos E190. Atualmente, o Programa Pool da Embraer apoia mais de 50 companhias aéreas do mundo todo.

A German Airways é uma companhia aérea alemã líder em contratos de arrendamento no mercado europeu. No momento, a empresa atende diversas companhias aéreas europeias, todas elas utilizando os jatos E190.

A Embraer reitera que oferece suporte a companhias aéreas de todo o mundo que contam com a expertise técnica e uma vasta rede de serviços para componentes.

Com Estadão Conteúdo

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas