Rússia x Ucrânia, reunião da Otan, IGP-M e o que move o mercado hoje

As bolsas seguem em baixa nesta sexta-feira, reagindo às notícias do conflito
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

As Bolsas mundiais operam majoritariamente em queda na manhã desta sexta-feira (25), repercutindo o conflito Rússia-Ucrânia, que causou centenas de mortos e milhares de feridos em território ucraniano. Até o momento, os Estados Unidos e Europa coordenaram diversas sanções atingindo o setor financeiro, petrolífero e outros setores estratégicos.

Ainda hoje, a Otan faz reunião extraordinária (10h30), com entrevista coletiva marcada às 13h (horário de Brasília). Na agenda econômica internacional, teremos a divulgação de núcleo de pedido de bens duráveis, além dos dados de renda e gastos pessoais dos EUA.

Os índices acionários da China, por sua vez, fecharam em alta nesta sexta-feira, uma vez que as compras de investidores estrangeiros impulsionaram empresas de saúde, nova energia e consumo, um dia depois de o índice de blue-chips ter registrado a maior queda em um mês após a Rússia ter invadido a Ucrânia.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,95%, a 26.476 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,59%, a 22.767 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,63%, a 3.451 pontos.

BRASIL

No cenário doméstico, o mercado brasileiro ainda repercute a divulgação de resultado do 4T21, com atenção especial à Vale (VALE3), que reportou um lucro líquido de US$ 5,42 bilhões, acima do consenso.

A mineradora reportou uma provisão adicional de US$ 1,7 bilhão ainda relacionado a Brumadinho que desanimou de certa parte os investidores, mas em compensação, o dividendo de R$ 3,70 por ação pode ser bem recebido pelo mercado. Hoje, apenas Marcopolo (POMO4) divulgará os resultados do 4T21.

Entre os indicadores econômicos brasileiros, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,83% em fevereiro, ante 1,82% no mês anterior, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com esse resultado, o índice acumula alta 3,68% no ano e de 16,12% em 12 meses. Em fevereiro de 2021, o índice havia subido 2,53% e acumulava alta de 28,94% em 12 meses.

RADAR CORPORATIVO

A fim de facilitar a contratação de crédito por parte de pecuaristas interessados em regularização ambiental, a JBS acaba de firmar parceria com o Banco do Brasil (BB). As informações são do Broadcast Agro.

Americanas (AMER3) registrou lucro líquido de R$ 490 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 20,5% em comparação com o mesmo período de 2020. No ano, o lucro da empresa ficou em R$ 731 milhões, avanço de 131,9% ante um ano antes. 

E a JHSF (JHSF3) teve aumento robusto do lucro no quarto trimestre, movimento liderado por maiores receitas nas suas operações de shopping centers, restaurantes e hotéis, em meio ao recuo das medidas de isolamento social.

Veja o que acontecerá nesta sexta-feira (25):

HoraRegiãoEvento
10h30Reunião extraordinária da Otan
10h30EUAPCE (Janeiro)
12hEUAVendas pendentes de imóveis
13hColetiva de imprensa da Otan

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas