“Petrobras (PETR4) e outras ações do setor podem se valorizar”, diz Marco Saravalle

A reação do mercado em meio à invasão da Ucrânia pela Rússia é de muita volatilidade

Após a declaração de uma ação militar pelo presidente russo Vladimir Putin para a região de Donbass, a commodity alcançou a marca de US$ 100 pela primeira vez desde meados de 2014. Às 8h15, desta quinta-feira (24), o petróleo tipo Brent opera em alta de 8,10%, a US$ 101,66 o barril, enquanto o WTI dispara 8,48%, a US$ 99,92 o barril.

Marco Saravalle, estrategista-chefe da SaraInvest, disse que esse cenário de alta pode se beneficiar as ações brasileiras. “Petrobras e outras ações do setor podem se valorizar e também outras commodities que estão na esteira do petróleo”, disse durante a cobertura ao vivo realizada pela BM&CNews.

De modo geral, a reação do mercado em meio à invasão da Ucrânia pela Rússia é de muita volatilidade. Saravalle destacou que deve haver quedas nos investimentos em ações tanto nas Bolsas americanas como na brasileira.

“A palavra de ordem é diversificação, mas de uma forma geral, ativos de risco como um todo devem apresentar maiores oscilações no curto prazo”, disse

O estrategista pontuou ainda que o investidor procura no curto prazo mais previsibilidade, ativos com menor risco, principalmente títulos públicos, dólar e ativos que funcionem com uma certa dose de proteção.

Acompanhe a transmissão:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas