Estudante brasileiro fala sobre bombardeios na Ucrânia, direto da Rússia

Segundo relatos do estudante, as cidades russas continuam em sua normalidade sem alardes de alerta

Em entrevista a BM&C News, Farizato afirma que a Rússia já preparou leitos para receber refugiados da região separatista da Ucrânia.

Em suma, o governo Russo ainda não se pronunciou aos seus cidadãos. De acordo com Farizato, o último pronunciamento oficial do governo Russo foi o de Putin, afirmando que iria invadir a Ucrânia.

Dessa forma, segundo relatos do estudante, as cidades russas continuam em sua normalidade sem alardes de alerta.

Atualmente, a Ucrânia segue sendo bombardeada pelas tropas russas via ataques aéreos. Além disso, tanques russos invadem a Ucrânia pela fronteira Belarus.

De acordo com informações internacionais, soldados bielorrussos se juntaram às tropas russas no ataque à Ucrânia.

Estrelas vermelhas sinalizam os locais da Ucrânia que já foram atacados pela Rússia
Estrelas vermelhas sinalizam os locais da Ucrânia que já foram atacados pela Rússia
Compartilhe:

Matérias relacionadas