Feriado nos Estados Unidos, Boletim Focus e o que move o mercado hoje

No Brasil, o foco segue no calendário de balanços corporativos, com a divulgação de Assaí e Movida

Os mercados mundiais operam de forma mista na manhã desta segunda-feira (21), com a liquidez global reduzida por conta do feriado nos Estados Unidos (Dia do Presidente), que fecha os mercados por lá.

À noite, os índices futuros norte-americanos subiram, após a notícia de que o Presidente americano Joe Biden e o presidente russo Vladimir Putin, concordaram em princípio com uma cúpula sobre a Ucrânia, de acordo com o comunicado do presidente francês Emmanuel Macron. O mercado aguardava uma possível solução diplomática, mesmo com a subida da escalada do conflito no final de semana.

Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca, também chegou a dizer no domingo que a cúpula entre os dois líderes mundiais aconteceria. No entanto, hoje de manhã, a Rússia disse que “não há planos concretos” para uma reunião, de acordo com a Bloomberg.

Hoje, a agenda econômica internacional segue fraca, com destaque para a divulgação do PMI na zona do euro, que vieram acima do esperado. O índice de gerentes de compras composto subiu de 52,3 em janeiro para 55,8 em fevereiro.

Além disso, foi divulgado o PMI Reino Unido, que avançou de 54,2 em janeiro para 60,2 em fevereiro, atingindo o maior nível em oito meses.

Aqui no Brasil, o foco segue no calendário de balanços corporativos, com a divulgação de Assaí e Movida. Sobre o cenário político, o fiscal volta aos holofotes com os resultados fiscais de janeiro e os projetos para reduzir os preços dos combustíveis no Senado.

Na agenda econômica, somente o Boletim Focus pela manhã (8h25) irá atualizar as premissas econômicas do país.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas