5 times de futebol que têm criptomoedas

As moedas digitais também servem para os torcedores receberem benefícios, ingressos e até mesmo participar de decisões internas dos clubes

Com a chegada da pandemia, muitos jogos foram cancelados e times de futebol tiveram suas receitas afetadas em todo o mundo. Como solução, alguns dos grandes times de futebol europeu apostaram nas FTOs, que são os Fan Tokens, que são basicamente criptomoedas criadas para investirem em times de futebol.

Essas moedas digitais também servem para os torcedores receberem benefícios, ingressos e até mesmo participar de algumas decisões internas dos times. 

Aqui no Brasil, o Atlético Mineiro foi pioneiro ao lançar a $Galo, criptomoeda do time criada em parceria com a socios.com, plataforma multinacional que emite tokens. O Vasco da Gama também lançou a Vascotoken e o Corinthians a $SCCP. Na europa, essa prática já é muito mais comum.  

Um desses times da Europa é o Barcelona arrecadou cerca de US$ 1,3 milhão, aproximadamente R$ 6,9 milhões com as vendas de sua criptomoeda, a Barça Fan Tokens (BAR).  

O Manchester City também fez parceria com a socios.com para lançar sua criptomoeda a $CITY. O Paris Saint-Germain também entrou na onda, com o Fan Token $PSG. O Milan também embarcou no mundo digital das criptos, com os tokens $ACM.  

Outro time que também está investindo em criptomoedas é o Juventus. Em 2019, o Juventus foi o primeiro time de futebol a oferecer tokens aos seus torcedores. Na época, mais de 6.500 tokens, conhecidos como JUV, foram vendidos em 2 horas. 

A BM&C News preparou um vídeo especial sobre times de futebol que investem nas criptomoedas. Assista abaixo:  

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas