“Mercado continua apostando em inflação e teremos problema de curto prazo”, avalia analista sobre tensão entre Rússia e Ucrânia

Gustavo acrescentou que o mercado global está procurando se proteger em cima de commodities

Durante o Pre-Market, Gustavo Almeida, comentou, nesta quarta-feira (16), sobre os desdobramentos da tensão entre Rússia e Ucrânia e como o mercado tem reagido. As bolsas asiáticas fecharam em alta favorecidas por um alívio nas tensões geopolítica e após dados oficiais mostrarem que a inflação chinesa está desacelerando. A Bolsa brasileira, B3, encerrou o pregão também em alta pelo sexto dia consecutivo.

“Quando a gente olha para esse contexto, me parece que o mercado continua apostando no tema inflação e que de fato vamos ter algum problema de curto prazo”, avaliou o analista.

Gustavo acrescentou que o mercado global está procurando se proteger em cima de commodities.

Em relação à crise militar, o especialista pontuou que enxerga ser bem “difícil tirarmos conclusões sem uma pessoa de confiança buscando de fato a informação. De um lado tem um narrativa, de outro lado tem outra e no meio do caminho o mercado e os investidores tendo de tomar decisões e sendo estimulados a irem às compras, venderem e não tomarem suas posições”.

Confira a análise completa no vídeo abaixo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas