Ibovespa resiste ao exterior e fecha em alta novamente

Nos EUA os índices acionários fecham em queda com a preocupação dos investidores sobre as tensões entre a Rússia e a Ucrânia

O Ibovespa fechou mais um dia subindo, em um pregão marcado por altos e baixos. O índice resistiu ao cenário preocupante do exterior com ameaças mais efetivas da Rússia de invadir a Ucrânia. Vale dizer que o principal índice da B3 chegou a alcançar os 114 mil pontos. 

No cenário doméstico, o mercado elevou a perspectiva para a taxa básica de juros ao final deste ano, depois de o Banco Central ter deixado em aberto o rumo da Selic e em meio à pressão inflacionária, ao mesmo tempo em que voltou a aumentar a projeção para a alta dos preços.

A pesquisa Focus divulgada pelo BC nesta segunda-feira mostrou que os economistas consultados passaram a calcular a Selic agora a 12,25% no fim de 2022, contra taxa de 11,75% prevista na semana anterior. Para 2023 segue estimativa de Selic a 8,0%.

Já nos EUA os índices acionários fecham em queda. A variação negativa ocorre em meio ao aumento das tensões entre a Rússia e a Ucrânia, que estão preocupando investidores de todo o mundo.

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, fechou em alta de +0,29%, cotado a 113.899,19 pontos.

dólar comercial fechou em queda de 0,46%, cotado a R$ 5,2185

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam em queda. O S&P 500 fechou em desvalorização de -0,39% (4.401,55), o Nasdaq ficou estável (13.790,92), enquanto o Dow Jones encerrou o dia caindo em -0,50% (34.565,78).

Confira os destaques desta segunda-feira:

Rússia aumenta presença de tropas na fronteira com a Ucrânia, diz porta-voz do Pentágono

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, confirmou nesta segunda-feira (14) que a Rússia ampliou a presença de tropas militares na fronteira com a Ucrânia. Durante uma coletiva de imprensa, Kirby ressaltou que uma invasão ao país do leste europeu pode ocorrer a qualquer momento, especialmente antes do fim das Olímpiadas de Inverno em Pequim.

“Nós não sabemos a intenção da Rússia com tudo isso, mas sabemos que o poderio militar deles é enorme”, destacou Kirby.

A declaração ocorreu pouco após o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, anunciar o fechamento da embaixada dos Estados Unidos em Kiev, na Ucrânia, e orientar a mudança dos funcionários do local para Lviv, no oeste do país.

Na última sexta-feira (11), a Casa Branca já havia alertado sobre a possibilidade de uma invasão da Rússia à Ucrânia neste mês.

Gigantes de tecnologia da China miram no metaverso e podem desembolsar US$ 8 trilhões

Empresas americanas como a Microsoft e a Meta, controladora do Facebook, estão apostando no conceito de metaverso. Inclusive, a Microsoft posicionou sua proposta de aquisição da empresa de jogos Activision. Enquanto isso, as empresas chinesas estão adotando uma abordagem mais cautelosa em meio a uma regulamentação mais rígida.

O metaverso da China pode parecer muito diferente do resto do mundo por causa da censura do governo, com regras mais rígidas no setor de tecnologia e repressão de Pequim às criptomoedas.  Na China, o mercado total endereçável para o metaverso pode ser de US$ 8 trilhões.

Empresas como Tencent, NetEase, ByteDance, proprietária do TikTok, e Alibaba podem ser as pioneiras nesse espaço entre as empresas de internet da China. Esse movimento nos dá uma ideia de que tipo de aplicativos podem fazer parte do metaverso.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas