Destaques da Bolsa: Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) registram queda

Confira os destaques desta segunda-feira (14)
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O Ibovespa opera volátil, nesta segunda-feira (14), com o mercado atento aos desdobramentos da crise geopolítica entre Rússia e Ucrânia.

Às 13h10, o Ibovespa subia 0,14%, cotado a 113.730 pontos.

Acompanhando a queda do petróleo, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) caem 3,07% e 2,55%, respectivamente, e 3R Petroleum (RRRP3) recua 1,75%. Um potencial conflito na Ucrânia poderia afetar ainda mais um cenário de oferta já apertado da commodity, elevando os preços no mercado internacional.

Após o recuo do minério de ferro, Vale (VALE3) cai 1,03%, CSN (CSNA3) -1,58% e Gerdau (GGBR4) -2,21%. 

Marfrig (MRFG3) também tem queda de 2,75% e JBS (JBSS3) -1,06%. 

Já entre as maiores altas, Petz (PETZ3) sobe 7,26% e Banco Inter (BIDI11) tem ganhos de 5,88%. 

As varejistas também avançam: Americanas (AMER3) sobe 4,49% e Magazine Luiza (MGLU3) +3,31%. 

Confira os destaques desta segunda-feira: 

Oi (OIBR3) 

A Oi (OIBR3) anunciou nesta segunda-feira que tornou efetivo o seu cancelamento na U.S Securities and Exchange Commission (SEC), que corresponde a Comissão de Valores Mobiliários nos Estados Unidos.

Com isso, os American Depositary Receipts (ADRs) da empresa, negociados sob os códigos OIBZQ e OIBRQ, foram retirados da bolsa de Nova York, como havia sido anunciado previamente em outubro de 2021.

A companhia destacou que o cancelamento não implica na listagem das ações no Brasil, que continuam seguindo a legislação e regulamentações brasileiras, e que continuará divulgando seus reportes periódicos e resultados anuais e intermediários.

IRB Brasil (IRBR3)

Durante a programação da BM&C News, o analista do BTG Pactual digital, Lucas Claro, comentou sobre as ações de IRB Brasil (IRBR3). O especialista destacou que a companhia não consegue apresentar boa performance e que o mercado continua penalizando o ativo.

“Seguimos sem muito viés de alta, seguimos sem muita chance para comprar IRB”, afirmou o grafista.

Lucas disse ainda que, analisando o gráfico a algumas semanas atrás, houve uma expectativa de melhora para o cenário da companhia, uma vez que começou a mostrar um pouco mais de força, mas não vingou.

“O fluxo continua bem negativo para o ativo”, concluiu o analista.

Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

As ações da Metalúrgica Gerdau (GOAU4) seguem em um movimento de retomada da tendência primária de alta, na opinião da analista Pamela Semezzato, da Clear Corretora.

Durante participação no programa The Trade, ela afirmou que por mais que a ação esteja andando de lado, a tendência é mais “altista” – desde que o papel não perca o suporte na região de R$ 9,30.

Ainda segundo Pâmela, se a ação fechar acima dos R$ 12, existe a possibilidade de testar o topo anterior na faixa dos R$ 13,60.

Com Reuters

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas