“Ibovespa atingiu ponto de equilíbrio”, avalia analista

Além disso, petróleo e minério de ferro podem contribuir com um cenário mais positivo para a Bolsa brasileira

O analista gráfico Gustavo Almeida projetou cenário para o Ibovespa (IBOV) nesta segunda-feira (7). “A gente está em um momento de mercado que atingiu seu ponto de equilíbrio. Não é à toa que a gente está em seis pregões totalmente lateralizados”, disse o grafista durante o Pre-Market.

Gustavo disse que o que pode destravar o valor para a subida do índice, e buscar os 125 mil pontos, é a ata do Copom, uma vez que o investidor estrangeiro está se posicionando no Brasil, e o fim da elevação de juros.

Além disso, petróleo e minério de ferro podem contribuir com um cenário mais positivo para a Bolsa brasileira

“Se por acaso nós voltarmos para 109 mil pontos, eu enxergo o mercado tendo um repique voltando para esse patamar de preço antes de fato começar a cair com mais intensidade”, avaliou.

O especialista pontuou que esse cenário faz com que a ansiedade em zerar posições se amenize.

Para hoje, o analista disse que, por ora, os indicadores estão apontando para baixo.

“Se o mercado começar a subir é para ir buscar entre 113 e 113.700 mil pontos e ir acima disso, é porque algo novo surgiu e aí acredito que tem espaço para buscar os 116.420 mil pontos, que mostraria de fato uma continuidade do movimento do Ibovespa mais distante”, destacou.

Confira a análise completa no vídeo abaixo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas