O que é Ibovespa?

Conhecido como IBOV, o índice funciona como um termômetro do mercado acionário do Brasil

Apesar de ser um termo popular entre os traders, muita gente ainda se pergunta o que é Ibovespa. Conhecido como IBOV, o índice funciona como um termômetro do mercado acionário do Brasil e mede, por meio de um sistema de pontos baseado em reais, o desempenho médio de uma carteira teórica com as ações mais negociadas na bolsa de valores. O IBOV também é reavaliado a cada quatro meses e é o resultado de uma carteira teórica de ativos. 

O Ibovespa foi criado em janeiro de 1968 e é um índice de retorno total. Ou seja, além de considerar as variações nos preços dos ativos que fazem parte de sua carteira teórica, ele reflete o impacto do pagamento de todos os tipos de proventos das empresas emissoras dessas ações. 

Atualmente, a composição da carteira de 2022 do Ibovespa tem 93 ativos, que são as ações de empresas listadas na bolsa. A carteira que compõe o Ibovespa é reavaliada a cada 4 meses, isso significa que a sua composição varia ao longo do tempo. Os dois principais critérios para fazer parte da carteira do índice são: boa liquidez e grande volume financeiro negociado na bolsa. 

O Ibovespa opera por meio de pontos. Cada ponto equivale a um real, e representa o preço exato da carteira teórica das ações mais líquidas da B3. Essa é a maneira que a bolsa encontrou de acompanhar seu desempenho, e os pontos são calculados em tempo real. Vale lembrar que as cotações das ações são acompanhadas a todo momento e o cálculo é feito automaticamente a partir dos novos valores. Por isso, o Ibovespa oscila o tempo todo durante o funcionamento do mercado. 

A BM&C News preparou um vídeo exclusivo sobre o Ibovespa. Assista abaixo:

Compartilhe:

Matérias relacionadas