Petrobras encerra 2021 com 88% de uso de capacidade de refinarias

Neste início de fevereiro, chegou próximo a 90%

A Petrobras alcançou a média de 88% de fator de utilização total (FUT) de suas refinarias nos últimos três meses de 2021, informou a companhia nesta sexta-feira (4). Neste início de fevereiro, chegou próximo a 90%. 

Ainda de acordo com a estatal, as decisões operacionais no refino levam em conta que, para cada barril de petróleo processado na refinaria, necessariamente, diversos produtos são gerados e posteriormente distribuídos.

“A definição do nível de utilização das refinarias é complexa porque envolve diferentes produtos e deve ser tomada com base em critérios técnicos-econômicos. A Petrobras está investindo nas suas refinarias e o mercado tem crescido e demandado por mais combustíveis da companhia, o que resulta em uma utilização acima da média histórica”, explica Rodrigo Costa, diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, em nota. 

Segundo a Petrobras, a presença de novos investidores, como o Mubadala Capital, que adquiriu a Refinaria Landulpho Alves, na Bahia, reforça a capacidade de investimento e o atendimento de um mercado crescente e cada vez mais dinâmico. “Sendo a prática de preços alinhados aos mercados globais fundamental para o adequado funcionamento do mercado de combustíveis no Brasil”, diz em nota. 

Compartilhe:

Matérias relacionadas