OIBR3: “entendo que pior momento para a companhia já passou”, avalia Marcos Castilho

O analista destacou que agora a companhia aguarda a aprovação da venda da operação móvel

Para o analista da Macro Capital, Marcos Castilho, o pior momento da Oi (OIBR3), que foi a incerteza de ter a venda dos ativos concretizada e aprovada, já passou. “Entendo que o pior momento para a companhia já passou”.

Em participação ao BM&C News, o analista destacou que o caso da OIBR4 foi um dos maiores casos de recuperação judicial do país e é bastante emblemático. 

O analista disse, no entanto, que o assunto que está em pauta agora, é a aprovação da venda da operação móvel para as outras operadoras grandes, Tim, Vivo e Claro.

Nesse sentido, Castilho afirmou que a aprovação já está na reta final, visto que a Anatel deu o aval recentemente, agora falta somente a deliberação do CADE, que deve acontecer na próxima semana, destacou.

“A companhia tem a vantagem de estar saindo de um recuperação judicial, em que isso pode trazer novos investidores que talvez estejam restritos”, destacou Castilho.

Por outro lado, o analista destacou que enxerga  um horizonte de entrega de resultados da Oi relativamente distante. “Esperamos que a Oi comece a gerar resultados operacionais a partir de 2025, então a companhia ainda tem muitos desafios”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas