Ford (FDMO34): ações caem após balanço trimestral

Resultados do quarto trimestre ficaram bem abaixo das expectativas

As ações da Ford Motor (FDMO34) caíram mais de 6% no After Market, após a empresa divulgar seu balanço do 4T21. O papel fechou a quinta-feira (3) cotado a US$ 19,89 por ação, uma queda de 3,6%.

O EPS ajustado foi de 26 centavos contra 45 centavos por ação esperado. A receita automotiva foi de US$ 35,3 bilhões, contra US$ 35,5 bilhões esperados.

Apesar da montadora ter atingido a previsão de lucro anual para o ano em questão, ela não atingiu as metas de produção que os analistas esperavam. A justificativa seria problemas na cadeia de suprimentos, incluindo uma escassez contínua de chips semicondutores.

No trimestre, as operações norte-americanas da Ford foram as que mais contribuíram para os ganhos da montadora, com alta de 68%. As perdas internacionais incluíram US$ 150 milhões na China, queda de 130%, e US$ 159 milhões, queda de 139%, na Europa.

O lucro líquido do quarto trimestre da montadora subiu para um lucro de US$ 12,3 bilhões de uma perda de US$ 2,8 bilhões durante os últimos três meses de 2020. Isso inclui um ganho de US$ 8,2 bilhões em seu investimento na startup de veículos elétricos Rivian Automotive.

Segundo informações da CNBC, depois de retirar esse e outros itens, como impostos, os ganhos ajustados da Ford chegaram a US$ 2,0 bilhões no quarto trimestre. Sua participação na Rivian também elevou o lucro líquido do ano para US$ 17,9 bilhões, enquanto seu lucro operacional foi de US$ 10 bilhões.

Lawler disse aos investidores na quinta-feira que o investimento pode resultar em volatilidade em seus resultados futuros. A Ford detém cerca de 12% da Rivian.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas