Produção industrial cresce 2,9% em dezembro e encerra ano com alta de 3,9%

Com o resultado de dezembro, a indústria se encontra 0,9% abaixo do patamar de fevereiro de 2020, no cenário pré-pandemia
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

A produção industrial brasileira registrou crescimento de 2,9% em dezembro, segundo a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgada nesta quarta-feira (2) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No ano, houve ganho acumulado de 3,9%.

Com o resultado de dezembro, a indústria se encontra 0,9% abaixo do patamar de fevereiro de 2020, no cenário pré-pandemia, e 17,7% abaixo do nível recorde, registrado em maio de 2011.

Segundo o IBGE, o resultado do fechamento do ano reflete a perda de ritmo da indústria no segundo semestre.

“Em 2021, houve uma característica decrescente ao longo do ano, uma vez que houve ganho acumulado de 13,0% no primeiro semestre e, posteriormente, o setor industrial mostrou redução de fôlego. Os resultados positivos dos primeiros meses do ano tinham relação com uma base de comparação muito depreciada, já que em 2020 houve perdas bastante intensas para a indústria”, explica gerente da pesquisa, André Macedo.

No acumulado do ano, a indústria teve resultados positivos em três das quatro grandes categorias econômicas e em 18 das 26 atividades investigadas pela pesquisa, com destaque para veículos automotores, reboques e carrocerias (20,3%), máquinas e equipamentos (24,1%) e metalurgia (15,4%).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas