CASH3: Em cenário negativo, tem espaço para voltar para R$1,80, diz Gustavo Almeida

No entanto, o analista ressaltou também enxergar potencial de ir para R$5,15

O analista Gustavo Almeida disse que caso o mercado corrija e Méliuz (CASH3) seja impactada, tem espaço para voltar para R$1,80. “Méliuz não conseguiu realizar a movimentação como o mercado como um todo fez. Se a gente for olhar, todos os ativos superaram as máximas de dezembro e CASH não desenvolveu”, disse no programa Pre-Market.

No entanto, o analista ressaltou enxergar potencial de ir para R$5,15.

Recentemente, a empresa divulgou crescimento de 77% nas vendas brutas do quarto trimestre de 2021 ante mesmo período do ano anterior, para R$1,7 bilhão.

“Do IPO para cá foi incrível. Eu acho que o erro foi do mercado dar recomendação de compra de Méliuz quando estava R$6,50 em um período de tempo muito curto querendo se beneficiar do histórico que estava tendo naquele momento”, pontuou.

Em sua última movimentação, a empresa de tecnologia voltada a cashback anunciou lançamento de aplicativo que integra funções de compras com serviços financeiros que incluem conta digital e investimento em bitcoins.

A companhia afirmou que o novo aplicativo já está disponível para parte de seus usuários e que será acessível ao restante de sua base “de forma progressiva ao longo das próximas semanas”, segundo comunicado ao mercado.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Matérias relacionadas