CASH3: “Sobe, mas vai ser bem devagar”, analisa professor da B3

Para os investidores que querem entrar no papel, Becker destacou que está esboçando um possível cenário de alta.

Durante participação na programação da BM&C News, o professor da B3, Eduardo Becker, fez projeção gráfica para as ações de Meliuz (CASH3), nesta sexta-feira (21). O especialista avaliou que a queda nas ações da companhia não é impressionante e que o movimento acompanha o que o preço faz quando rompe uma resistência.

“Acredito que sobe, mas vai ser bem devagar, tem que ter paciência”, projetou o professor.

Neste momento, as ações de Meliuz operam em queda de 2,08%.

“Se você olhar no gráfico semanal, me parece um pouco assustador porque o mercado em 35 dias, em seis ou sete semanas, devolveu tudo e mais um pouco desde o IPO, o que não parece ser algo muito promissor”, disse.

No entanto, para os investidores que querem entrar no papel, Becker destacou que está esboçando um possível cenário de alta.

“Eu diria que as perspectivas de alta são boas, mas deve superar algumas linhas de topo para indicar que está em uma tendência de alta saudável. A gente percebe que até ela fazer isso, vai demorar bastante tempo”, analisou.

Confira a análise completa no vídeo abaixo:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas