Destaques da Bolsa: Ações do setor de tecnologia amargam nesta quinta (13)

O Ibovespa fechou em queda de 0,15%, cotado a 105.531,79 pontos após um pregão marcado pela alta volatilidade

O Ibovespa fechou em queda de 0,15%, cotado a 105.531,79 pontos, nesta quinta-feira (13), após um pregão marcado pela alta volatilidade. Na agenda de indicadores, foi divulgado que o principal indicador nacional do dia foi o volume do setor de serviços, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

O mercado passou por altos e baixos, observando o bom desempenho das ações da Petrobras, que ajudaram o Ibovespa a ganhar alguns pontos, e permanecer em valorização em determinados momentos do dia. Por outro lado, a queda nas ações relacionadas à tecnologia pressionaram o índice que acabou cedendo.

Entre as ações com as maiores altas, estão: Marfrig (MRFG3: +5,18% – R$ 22,74); PetroRio (PRIO3: +3,09% – R$ 22,02); Minerva (BEEF3+3,06% – R$ 10,10)

Entre as ações com as maiores quedas, estão: Banco Inter (BIDI11: – 9,87% – R$ 22,10); Locaweb (LWSA3: -8,38% – R$ 8,75) e Grupo Natura (NTCO3: -5,09% – R$ 21,82).

Confira os destaques desta quinta-feira:

Ford (FDMO34)

O valor de mercado da Ford superou 100 bilhões de dólares nesta quinta-feira, após a ação da segunda maior montadora dos Estados Unidos atingir o pico em duas décadas.

O valor de mercado da Ford atingiu 101,5 bilhões de dólares, com analistas prevendo forte performance da companhia no quarto trimestre por ter comseguido repassar preços na esteira da alta de matérias-primas.

Além disso, o site The Verge publicou que a Tesla retirou de seu site a previsão de início de produção em massa da picape elétrica Cybertruck.

O Deutsche Bank elevou o preço-alvo da ação da Ford de 18 para 24 dólares, prevendo que a empresa continue se beneficiando do sucesso de sua linha de veículos elétricos. Nesta tarde, a ação da empresa saía a 25,19 dólares.

BRF (BRFS3)

A BRF anunciou a criação de uma joint venture com o fundo soberano da Arábia Saudita, PIF (Public Investment Fund), para a produção de frango no país. A joint é composta 70% pela BRF e 30% pelo PIF e inclui um núcleo de negócios Halal.

O Memorando de Entendimentos (MOU) com o PIF tem caráter não-vinculante e contempla investimentos de cerca de US$ 350 milhões.

Segundo o fato relevante, o objetivo é atuar na cadeia de produção de frangos na Arábia Saudita e promover a venda de produtos frescos, congelados e processados.

A BRF diz que o acordo reforça seu plano estratégico e a Visão 2030 da Arábia Saudita, e segurança alimentar na região do Golfo.

Petrobras (PETR3;PETR4)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a venda da totalidade da participação da Petrobras nos campos terrestres do Polo Carmópolis para a Carmo Energy. O negócio foi anunciado em dezembro e soma US$ 1,1 bilhão, de acordo com informação da estatal em fato relevante.

O Polo Carmópolis compreende 11 concessões de produção terrestres, localizadas no Estado de Sergipe. Inclui ainda acesso à infraestrutura de processamento, escoamento, armazenamento e transporte de petróleo e gás natural

Também fazem parte do ativo o Polo Atalaia – que contém o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo) – e o oleoduto Bonsucesso-Atalaia, que escoa a produção de óleo de Carmópolis até o Tecarmo.

Dexco (DXCO3)

Dexco anunciou aprovação no programa de recompra de ações, conforme informou ao mercado na noite da última quarta-feira (12). De acordo com o comunicado, serão adquiridas até 20 milhões de ações ordinárias, que corresponde a 6,76% dos papéis que estão em circulação, em um prazo de 18 meses.

“A aquisição visa maximizar a geração de valor para o acionista, por meio da administração eficiente da estrutura de capital, com a aquisição das ações ordinárias de sua própria emissão, para permanência em tesouraria, posterior alienação no mercado e/ou cancelamento, sem redução do capital social da companhia”, disse a empresa em fato relevante.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas