Destaques da Bolsa: Ações da Vale e Petrobras avançam; setor de shoppings também sobe

Confira os destaques desta quarta-feira (12)

O Ibovespa opera em alta, nesta quarta-feira (12), junto aos mercados norte-americanos, após dado de inflação nos Estados Unidos vir apenas ligeiramente acima do estimado pelo mercado.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,50% em dezembro. Com o resultado, a inflação nos EUA chega a 7% em 2021

Às 13h34, o Ibovespa subia 1,45%, cotado a 105.286 pontos.

As ações de commodities têm nova sessão positiva e ajudam a alavancar o índice local. 

Vale (VALE3) sobe 1,16%, CSN (CSNA3) +3,22%, CSN Mineração (CMIN3) +2,43%, Gerdau (GGBR4) +1,63%, Metalúrgica Gerdau (GOAU4) +1,96% e Usiminas (USIM5) +1,04%, após avanço do minério de ferro.

Acompanhando a alta do petróleo, os papéis da Petrobras (PETR3;PETR4) têm ganhos de 2,63% e 2,46%, respectivamente. 

O setor de shoppings também está entre os destaques positivos, na esteira do dado operacional divulgado pela Multiplan. Iguatemi (IGTI11) tem alta de 6,51%, BR Malls (BRML3) +5,38% e Multiplan (MULT3) +5,78%. 

Entre os principais destaques negativos, Locaweb (LWSA3) tem queda de 4,35% e Santander (SANB11) cai 2,23%. 

Confira os destaques desta quarta-feira: 

Multiplan (MULT3) 

As vendas nos shoppings da Multiplan apresentaram uma alta de 8% (ante 2019) no 4T21, somando R$ 5,6 bilhões, conforme prévia operacional divulgada pela empresa nesta quarta-feira (12).

Segundo a companhia, as vendas deste período foram as maiores registradas em um único trimestre na história da empresa.

A Multiplan ainda informou que a taxa de ocupação de seus shoppings subiu para 95,3% no 4T21. No 3T21, o dado ficou em 95,2%.

Eletrobras (ELET3;ELET6) 

A Eletrobras anunciou que pretende protocolar, no segundo trimestre de 2022, o pedido de registro de oferta pública global de ações (follow on) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na U.S. Securities and Exchange Commission (SEC). A oferta de distribuição de ações ordinárias e ADRs faz parte do plano de desestatização da companhia.

Os termos e condições, incluindo as quantidades ofertadas e a indicativa de preço, ainda não foram determinados, segundo o comunicado divulgado à CVM.

A empresa destaca ainda que a oferta está sujeita a condições de mercado e outros requisitos. 

Embraer (EMBR3) 

A Embraer Portugal venderá duas fábricas de componentes no país para a espanhola Aernnova Aerospace, SAU. A transação envolve a totalidade da participação societária nas subsidiárias integrais Embraer Portugal Estruturas Metálicas (EEM) e Embraer Portugal Estruturas em Compósitos (EEC), ao preço de US$ 172 milhões, sujeito a ajustes. A expectativa é que o negócio seja concluído no primeiro trimestre deste ano, após o cumprimento de determinadas condições.

Via (VIIA3) 

A Via anunciou nesta quarta-feira que assinou contrato de aquisição da logtech CNT, especializada em ofertas completas para operações de e-commerce, multimarketplace e plataformas no modelo plug & play (ecossistema com interação entre produtos e serviços).

O valor da transação é composto por uma parcela fixa e uma variável (earn-out). Esta última está condicionada ao atingimento de metas de desempenho e à permanência dos principais executivos da CNT à frente do negócio. Considerando apenas a parcela fixa do preço, a transação implica em um múltiplo de cerca de 0,20x GMV (volume bruto de mercadoria) em 2021.

*Com Reuters e Estadão Conteúdo

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas