BM&C Cenários: “faz sentido o Banco Central subir mais 1,5% na taxa de juros?” Álvaro Frasson e André Perfeito avaliam

Os convidados compartilharam diferentes opiniões durante o programa
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Nesta terça-feira (11), o professor Alexandre Cabral, no programa de edição especial de previsões para 2022, BM&C Cenários, contou com a participação de Álvaro Frasson, economista do BTG Pactual digital e André Perfeito, economista-chefe da Necton, para avaliar se faz sentido o Banco Central seguir subindo a taxa de juros, como prometido, diante de todo o cenário econômico.

Nesse sentido, Perfeito afirmou que na última reunião do Banco Central em dezembro, ele reforçou a ideia de que subirá os 150 pontos base, e isso tende a ancorar as expectativas do mercado. Além disso, o economista destacou que o Banco Central levará a taxa de juros para um campo contracionista, isso porque, ele está preocupado com as expectativas, explicou Perfeito.

Ainda em sua participação, afirmou que na sua visão, o Banco Central não elevará 150 pontos base na próxima reunião.  “Talvez ele não subirá 150 pontos base em fevereiro, mas eu sei que essa minha opinião é absolutamente exótica no mercado”.

Por outro lado, Frasson segue o pensamento do mercado, em que o Banco Central subirá os 150 pontos base. No entanto, o economista ressaltou que “as expectativas estão esperando um pouquinho mais de controle, dado o último relatório Focus”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas