Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA caem para menor nível desde 1969

Os pedidos caíram para 184 mil na semana encerrada em 4 de dezembro
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu para o nível mais baixo em mais de 52 anos na semana passada, à medida que as condições do mercado de trabalho continuam mostrando aperto em meio a uma aguda escassez de trabalhadores.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 43 mil, para 184 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 4 de dezembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. A queda para o menor patamar desde setembro de 1969 foi, no entanto, provavelmente exagerada pelas dificuldades de ajustar os dados às flutuações sazonais.

Economistas consultados pela Reuters previam 215 mil pedidos para a última semana. As solicitações caíram ante um recorde de 6,149 milhões registrado no início de abril de 2020.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas