“Temos que ir mais leve no aumento da taxa de juros”, avaliou analista

O analista destacou que suas expectativas sobre a reunião do Copom se assemelham ao que mercado espera
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Nesta segunda-feira (6), em entrevista ao BM&C Stock, Breno Bonani, analista chefe de ações da VRG Asset, analisou a alta de juros e avaliou suas expectativas para a reunião do Copom e as perspectivas para a taxa Selic. 

Nesse sentido, o analista pontuou que “tivemos uma inflação um pouco mais acelerada do que esperávamos, dado ao nível de auxílio que demos. Mas não foi comparado aos pacotes trilionários de auxílios que os EUA deram, e não tiveram uma inflação tão galopante”.

Em relação a reunião do Copom, Bruno avaliou que ele e a gestora estão juntos, assim como, a maioria do mercado em que aguardam “um aumento de 150 pontos e um aumento de 1,5% é o cenário que estamos trabalhando, se chegarmos nos 9,5% é o que gostaríamos de ver”. 

Por fim, recordou que o Brasil segue com a taxa de desemprego elevada, queda na renda da população, recuo nos níveis de atividade industrial e recessão técnica. Portanto, ponderou: “Temos que ir mais leve no aumento da taxa de juros”.

Confira a análise na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas