Ibovespa acompanha exterior e sobe; mercado observa variante ômicron

Às 12h16, o principal índice da B3 registrava alta de 0,55% aos 102.795 pontos
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Atualizada às 12h16

O Ibovespa opera em alta nesta segunda-feira (29), tentando reverter ao menos parte das perdas do pregão anterior que foi marcado pela aversão ao risco após a descoberta da ômicron, nova variante da Covid-19.

Às 12h16, o principal índice da B3 registrava alta de 0,55% aos 102.795 pontos.

Em Nova York, os índices também registram valorização. O Dow Jones sobe 0,32%; o S&P 500 avança 1,02% e o Nasdaq opera em alta de 1,49%.

O mercado acompanha de perto os desdobramentos em relação à nova variante do coronavírus. Hoje pela manhã, a OMS afirmou que ômicron representa “um risco muito elevado para o planeta”, mas também ressaltou que há dúvidas sobre o perigo real, deixando claro que ainda não foi registrada nenhuma morte em decorrência desta cepa.

Diversos países já afirmaram que possuem registros de contágio, incluindo Holanda, Bélgica e Austrália.

A maior parte das nações decidiu impor restrições para voos provenientes de países do continente africano que registram mais casos de infecção.

Entre os indicadores do dia, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou inflação de 0,02% em novembro, depois de uma alta de 0,64% no mês anterior, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgados nesta segunda-feira (29).

Com o resultado, o índice acumula alta de 16,77% no ano e de 17,89% em 12 meses.

No cenário corporativo, a Azul confirmou nesta segunda-feira  que fez uma oferta para aquisição do grupo chileno de aviação Latam Airlines, que está em recuperação judicial, mas afirmou que desistiu do negócio para se concentrar em suas próprias operações.

Em comunicação enviada ao mercado no final do domingo, a Azul afirmou que vai considerar potenciais parcerias no futuro.

A Azul afirmou que a oferta não vinculante enviada em 11 de novembro incluía cerca de 5 bilhões de dólares em financiamento e era apoiada por alguns credores da Latam.

Já a Vale vai apresentar seus planos em um evento aberto aos investidores em Nova York, o Vale Day, a partir das 13h30.  

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook

Matérias relacionadas