Beto Assad sobre setor de saúde: “Cenário ruim de curtíssimo prazo”

Nesta quinta-feira (25), o setor da saúde vem operando em queda, com duas ações em destaque, Hapvida (HAPV3) com perda de 3,11% e Intermédica (GNDI3) com -3,18%.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Mesmo com a alta da maior parte das ações do Ibovespa nesta quinta-feira (25), o setor da saúde vem operando em queda, com duas ações em destaque: Hapvida (HAPV3) com perda de 3,11% e Intermédica (GNDI3) com -3,18%. Em entrevista ao BM&C News, Beto Assad, analista da Kinvo, avaliou o setor da saúde com base nas duas ações. “Estou vendo um cenário ruim nesse curtíssimo prazo”.

Em primeiro lugar, Beto analisou as ações da GNDI3, em que as médias se encontram baixas e o papel segue tentando montar um pivô de baixa, com as médias na tentativa de se alinharem. “O dia só começou, ainda pode mudar, mas por agora de uma maneira clara há um pivô de baixa se desenhando. No momento não vejo compra de maneira alguma”, ressaltou.

Em relação aos papéis da HAPV3, ele observou que os dois gráficos se assemelham. “O que eu falei sobre os papéis da GNDI3, vale o mesmo para a HAPV3, os papéis do setor estão com comportamentos muito parecidos”.

Por fim, Beto conclui que os papéis do setor da saúde estão dando indícios de continuidade no movimento de queda. “Não vejo compras neste momento”.

Confira a entrevista na íntegra:

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.