FMI errou nas projeções por causa do barulho político, diz Guedes

De acordo com o ministro, o crescimento do país será de 5,3% neste ano e de mais de 2% em 2022
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
REUTERS/Ueslei Marcelino

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (13) que o Fundo Monetário Internacional (FMI) errou na projeção do PIB do Brasil. “FMI errou nas projeções por causa do barulho político. Temos confiança de que cresceremos o dobro do que o FMI está prevendo”, afirmou o ministro em evento do Atlantic Council.

“O FMI vai errar de novo (em projeções do PIB); eles continuam fazendo isso”, completou. 

De acordo com Guedes, o crescimento do país será de 5,3% neste ano e de mais de 2% em 2022. 

Veja mais:

O FMI publicou na última terça-feira (12) que a projeção do PIB brasileiro em 2021 passou de 5,3% para 5,2% e de 1,9% para 1,5% em 2022. Segundo o relatório, um dos motivos para a redução é a inflação alta. 

O ministro afirmou ainda que as reformas tributária e administrativa serão aprovadas até o fim deste ano. 

Guedes disse também que ainda em 2021 teremos a confirmação das privatizações da Eletrobras e dos Correios. 

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

VEJA MAIS