Brasil cresce 4,8% em exportações de carne de frango em agosto

“Em receita, o crescimento foi ainda mais expressivo, com 36,1%, alcançando US$ 677,3 milhões”, informa a Associação Brasileira de Proteína Animal

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informou que as exportações de carne de frango somaram 379,9 mil toneladas em agosto, o que supera em 4,8% os dados registrados no mesmo período do ano passado.

“Em receita, o crescimento foi ainda mais expressivo, com 36,1%, alcançando US$ 677,3 milhões em agosto deste ano, contra US$ 497,8 milhões no oitavo mês de 2020”, informa a ABPA.

Nos oito primeiros meses deste ano, os embarques da carne alcançaram 3,048 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 7,58% quando comparado com o mesmo período de 2020, com 2,833 milhões de toneladas.

Nesse mesmo período, o número de exportações alcançou US$ 4,893 bilhões, o que resulta uma alta de 18,2% ante 2020, com US$ 4,140 bilhões.

Veja mais:

De acordo com Ricardo Santin, presidente da ABPA, os preços aquecidos são consequências diretas da alta internacional dos custos de produção.

“Mesmo com este quadro, grandes mercados importadores de alto valor agregado aumentaram o apetite pelos produtos brasileiros, resultando em um mês marcadamente positivo, reforçando a expectativa de alta histórica nas exportações totais de 2021”, avalia ele.

Sendo o principal destino das exportações, a China importou 57,4 mil toneladas no mês de agosto, sendo 4,8% superior ao efetuado no ano passado.

“Assumindo o segundo lugar nas exportações, os Emirados Árabes Unidos importaram no mês 38,8 mil toneladas, número 50,5% superior ao embarcado em agosto do ano passado. Na terceira posição está o Japão, com 35,2 mil toneladas, número 1,7% superior ao embarcado no oitavo mês de 2020”, acrescentou a ABPA.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas