Reações às manifestações de 7 de setembro, bolsas no exterior em queda e mais destaques

Confira estes e outros assuntos também ao longo do dia durante a programação da BM&C News
Getty Images

Após feriado da Independência do Brasil, esta quarta-feira (8) continua com a repercussão das manifestações contra e a favor do governo Bolsonaro que ocorreram em todo o país.

Veja mais:

Ainda no cenário político, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, convocou reunião extraordinária da Executiva do partido para discutir a posição em relação à abertura de processo de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. O encontro deve ocorrer hoje, segundo o partido.

Dos indicadores, os dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que o IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 0,9 ponto e chegou a 90,1 pontos, no quinto mês seguido de alta e aproximando-se do nível pré-pandemia.

Entre os componentes do IAEmp, o destaque em agosto foi o indicador que mede a situação corrente dos negócios no setor dos serviços, com aumento de 7,4 pontos.

Estes e outros assuntos você também acompanha ao longo do dia durante a programação da BM&C News no YouTube. Confira os destaques para esta quarta:

Bolsas mundiais

O índice S&P 500 fechou em baixa na última terça-feira (7), enquanto o Nasdaq atingiu uma máxima recorde, com investidores equilibrando preocupações sobre o ritmo de desaceleração da recuperação econômica com expectativas de que o Federal Reserve vai manter sua política monetária expansionista.

O Nasdaq foi apoiado durante a maior parte do dia por gigantes da tecnologia que têm alimentado os ganhos de Wall Street nos últimos anos. Apple e Netflix atingiram picos históricos.

Mas a maioria dos 11 subíndices do S&P recuou, com setores sensíveis à economia, como indústrias, imobiliárias e matérias-primas, ficando entre as ações com quedas mais profundas.

Dados preliminares mostram que o Dow Jones caiu 0,75%, a 35.104,56 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,33%, a 4.520,26 pontos. O Nasdaq Composite teve variação positiva de 0,07% a 15.374,08 pontos.

Agenda econômica

  • FGV: IGP-DI de agosto projeta mediana de -0,03%, na margem (8h);
  • FGV: IPC-S da 1ª quadrissemana de setembro (8h);
  • Anfavea: Produção de veículos em agosto (10h);
  • Canadá: BoC divulga decisão de política monetária (11h);
  • EUA: Dpto. do Trabalho: Relatório Jolts de emprego de julho (11h);
  • Reino Unido: Presidente do BoE, Andrew Bailey, testemunha perante Comitê do Tesouro (12h);
  • Fux (STF) se pronunciará na abertura da sessão desta 4ªF, às 14h;
  • EUA: Presidente do Fed de Nova York, John Williams, participa de sessão de perguntas e respostas na St. Lawrence University (14h10);
  • BC: Fluxo cambial semanal (14h30);
  • EUA: Fed divulga Livro Bege (15h);
  • EUA/Fed: Crédito ao Consumidor em julho (16h);
  • Presidente do BC, Roberto Campos Neto, participa de evento do Credit Suisse (17h30);
  • EUA/API: estoques de petróleo da semana até 03/09 (17h30);
  • EUA: Presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, discursa sobre economia e política monetária em Town Hall da própria distrital (19h);
  • China/NBS: CPI e PPI de agosto (22h30).

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo

*Com Reuters

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas