Ibovespa cai forte com manifestações e ajustes a NY

Acompanhe o pregão desta quarta-feira (8)
Destaques da Bolsa
Destaques da Bolsa

Nesta terça-feira (8), o mercado de ações começa em baixa após as manifestações do feriado de 7 de setembro. Com atos pró governo e o discurso do presidente Jair Bolsonaro a apoiadores.

Às 11h40, o Ibovespa caía 2,4% e bate os 115 mil pontos.

O exterior não ajuda, com NY estendendo com incertezas sobre a recuperação. O petróleo sobe mas Petrobras não acompanha (PETR3 -1,39%, R$ 26,99; PETR4 -1,17%, R$ 26,15), e o tombo do minério (-4,19%) pressiona VALE (-1,17%, R$ 95,92) e siderurgia, cujas ações caem, com exceção de Gerdau (GGBR4, +1,70, R$ 28,16) e Metalúrgica Gerdau (GOAU4 +1,20%, R$ 12,68), que operam em terreno positivo.

Os papéis bancários também recuam em bloco nesta quarta-feira: Bradesco ON (BBDC3) cai 3,10% (R$ 18,78); Bradesco PN (BBDC4) -2,50% (R$ 21,84); Banco do Brasil (#BBAS3) -1,85% (R$ 29,10); Itaú (ITUB4) -2,06% (R$ 29,53); Santander (SANB11) -2,25% (R$ 38,29

Ainda no cenário político, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, convocou reunião extraordinária da Executiva do partido para discutir a posição em relação à abertura de processo de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. O encontro deve ocorrer hoje, segundo o partido.

Veja mais:

Dos indicadores, os dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que o IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 0,9 ponto e chegou a 90,1 pontos, no quinto mês seguido de alta e aproximando-se do nível pré-pandemia.

Entre os componentes do IAEmp, o destaque em agosto foi o indicador que mede a situação corrente dos negócios no setor dos serviços, com aumento de 7,4 pontos.

Estes e outros assuntos você também acompanha ao longo do dia durante a programação da BM&C News no YouTube. Confira os destaques para esta quarta:

Dólar

O dólar subia acentuadamente frente ao real nesta quarta-feira pós-feriado de 7 de Setembro, com os operadores elevando a cautela após novos ataques do presidente Jair Bolsonaro aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As novas investidas ocorreram no feriado do Dia da Independência, quando Bolsonaro participou de atos em Brasília e São Paulo, e agora os investidores ficam de olho nas reações do Congresso e do Judiciário.

Um possível impeachment do presidente Jair Bolsonaro já passou a ser discutido por diversos partidos que até o momento não fazem oposição sistemática ao governo, mas que condenaram os discursos de Bolsonaro no dia 7 de Setembro.

Às 9:53, o dólar avançava 0,52%, a 5,2031 reais na venda, e chegou a saltar 0,90% na máxima do dia, a 5,2233 reais, enquanto o contrato mais líquido de dólar futuro subia 0,65%, a 5,2205 reais.

Bolsas mundiais

O índice S&P 500 fechou em baixa na última terça-feira (7), enquanto o Nasdaq atingiu uma máxima recorde, com investidores equilibrando preocupações sobre o ritmo de desaceleração da recuperação econômica com expectativas de que o Federal Reserve vai manter sua política monetária expansionista.

O Nasdaq foi apoiado durante a maior parte do dia por gigantes da tecnologia que têm alimentado os ganhos de Wall Street nos últimos anos. Apple e Netflix atingiram picos históricos.

Mas a maioria dos 11 subíndices do S&P recuou, com setores sensíveis à economia, como indústrias, imobiliárias e matérias-primas, ficando entre as ações com quedas mais profundas.

Dados preliminares mostram que o Dow Jones caiu 0,75%, a 35.104,56 pontos, enquanto o S&P 500 caiu 0,33%, a 4.520,26 pontos. O Nasdaq Composite teve variação positiva de 0,07% a 15.374,08 pontos.

*Com BDM

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas