Bolsonaro diz que dia 7 será um ultimato para duas pessoas “se curvarem à Constituição”

Apesar de não citar nomes, o presidente tem feito críticas aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do STF

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que a próxima terça-feira, 7 de setembro, será um “ultimato” para quem “descumprir a Constituição”. Esse dia será marcado pelas manifestações que foram marcadas por apoiadores do governo.

O político fez a declaração em Tanhaçu, cidade da Bahia, em uma cerimônia para a assinatura de contrato de concessão da Ferrovia Integração Oeste Leste (Fiol). 

Segundo informações da Reuters, Bolsonaro disse que o recado das manifestações será destinado para duas pessoas. Sem citar nomes, o presidente falou que o comunicado é para que eles “se curvem à Constituição”. 

“Essas uma ou duas pessoas têm que entender o seu lugar, e o recado de vocês, povo brasileiro, nas ruas na próxima terça-feira, dia 7, será um ultimato para essas duas pessoas: curvem-se à Constituição, respeitem a nossa liberdade, entendam que vocês dois estão no caminho errado, porque sempre dá tempo de se redimir”, disse Bolsonaro.

Veja mais:

O presidente tem feito críticas públicas aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Nas declarações, ele constantemente os acusam de exceder limites constitucionais.

A oposição ocorre por conta de Moraes conduzir inquéritos que investigam o governo Bolsonaro. Barroso, por sua vez, é contra o voto impresso. 

“Nós não precisamos sair das quatro linhas da Constituição. Ali temos tudo que precisamos. Mas, se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas, nós mostraremos que poderemos fazer também valer a vontade e a força do seu povo”, afirmou.

As manifestações em Brasília e São Paulo terão a presença do presidente Bolsonaro, onde ele se dividirá entre manhã e tarde. Os apoiadores que comparecerão na Avenida Paulista, no entanto, vão receber um discurso mais longo do político. 

Vale lembrar que opositores ao governo também marcaram manifestações para o dia 7 de setembro.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas