Escritórios de Nova York adiam retorno por conta da variante delta

De uma forma geral, os empregadores decidiram implementar a rotatividade de funcionários
2021 08 16T134626Z 1 LYNXMPEH7F0Q3 RTROPTP 4 WALLST ABRE
REUTERS/Carlo Allegri

Em meio à alta de casos da variante delta da Covid-19, gigantes de Nova York, como BlackRock, PWC e Facebook, adiaram os planos de retorno aos escritórios.

Segundo informações da Bloomberg, os empregadores esperam retorno de 41% dos funcionários às atividades presenciais até 30 de setembro, comparado à estimativa de 62%. O último levantamento da Partnership for New York City foi entre 9 a 20 de agosto.

A variante delta circula mesmo entre a população vacinada. Com isso, empresas de Wall Street adiaram a data esperada de retorno dos colaboradores, além de sinalizar que eles precisam se vacinar e usar máscaras.

Veja mais:

De uma forma geral, segundo a pesquisa, os empregadores decidiram implementar a rotatividade de funcionários, que podem trabalhar home office durante parte da semana.

Ao todo, apenas 26% das empresas exigem que os colaboradores estejam no escritório em tempo integral. Ainda de acordo com a Partnership , cerca de 58% das empresas exigem que os funcionários recebem proteção.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas