Atlas Quantum protocola ação contra a CVM no valor de R$ 3 bilhões

A companhia acusa o órgão por danos morais e materiais, por ter emitido uma ordem de suspensão das atividades da Atlas dois anos atrás
hammer 620011 1920 1
Foto: Pixabay

A Atlas Quantum, que foi no passado uma das maiores empresas de criptomoedas do Brasil e acabou deixando uma dívida bilionária e milhares de clientes desfalcados, protocolou uma ação contra a Comissão de Valores Mobiliários, a CVM, no valor de R$ 3 bilhões.

De acordo com informações da Cointelegraph Brasil, foi registrado em 11 de agosto, na Justiça Federal da 3a. Região, o documento onde a defesa da Atlas Quantum pede R$ 3.167.328.800 para ressarcir os danos que desencadearam a queda bilionária da empresa.

Leia mais:

A companhia acusa o órgão regulador do mercado brasileiro por danos morais e materiais, por ter emitido uma ordem de suspensão das atividades da Atlas dois anos atrás.

Além disso, ainda segundo o site, é alegado no processo que a CVM não era competente para julgar suas atividades e não estava legalmente embasada para emitir nota pública, o que resultou no pânico dos investidores.

Para a empresa, a dificuldade financeira ocorreu por conta da decisão do órgão. Vale lembrar que ela responde a outra série de processos na Justiça movidos por ex-clientes.

Se inscreva no nosso canal e acompanhe a programação ao vivo

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas