Plano estratégico: Oi projeta receita de até R$ 15,5 bilhões em 2024

Além disso, a empresa projeta Ebitda de até R$ 2,3 bilhões

A ‘Nova Oi’ (OIBR3) divulgou nesta segunda-feira (19) o seu plano estratégico que prevê o Ebtida (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 1,9 bilhão a R$ 2,3 bilhões em 2024, com receita líquida de R$ 14,8 bilhões a R$ 15,5 bilhões.

Em comunicado enviado ao mercado, a dívida sobre o Ebitda da “Nova Oi” foi estimada próxima de de 6,6 vezes para 2024, enquanto os investimentos em relação à ao lucro líquido foram mensurados em cerca de 7,8%.

Leia também:
Fernando Góes afirma que não vê OIBR3 chegando a R$ 3

No início do mês, o BTG Pactual (BPAC11) e Globenet levaram o leilão, realizada pela empresa, na aquisição da empresa de fibra ótica, a InfraCo. Não houve outras propostas. De acordo com o documento divulgado hoje, a empresa pretende acelerar as receitas a partir dos novos negócios da companhia.

A companhia destacou no documento que buscará acelerar as receitas dos negócios principal, de InfraCo (fibra óptica), e a implementação de novas fontes, além da readequação da estrutura de custos, do equacionamento da concessão e desenvolver seu negócio de infraestrutura para tentar ser líder em conexões de fibra óptica no país.

Compartilhe:

Últimas notícias

Matérias relacionadas